Donald Trump poderá dar 'imunidade' à Apple face aos novos impostos! - Papo de Leigo

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Donald Trump poderá dar 'imunidade' à Apple face aos novos impostos!



Donald Trump poderá dar 'imunidade' à Apple face aos novos impostos!

Depois de Donald Trump anunciar os novos impostos que afetarão produtos importados da China, a Apple viu-se num 'mar de problemas', visto que a grande maioria dos seus produtos é fabricante em território chinês. Desde cedo que, Tim Cook, avisou Donald Trump que estas medidas poderiam prejudicar gravemente os consumidores americanos.
Depois de ter aconselhado o CEO da Apple a "trazer as fábricas para os Estados Unidos", Donald Trump parece ter alterado a sua opinião. Estes são os resultados de um jantar entre Trump e Tim Cook na passada sexta-feira.


Donald Trumpo afirma que Tim Cook apresentou fortes argumentos

É verdade que não foi ainda tomada uma decisão quanto a uma possível imunidade para a Apple, mas Trump revelou que está a pensar seriamente nessa possibilidade.
O argumento de Tim Cook foi muito simples de facto. Na sua essência salientou que a sua principal rival — Samsung — não será afetada por estes impostos, por isso a empresa norte-americana irá ficar em grande desvantagem.
Enquanto a Apple concentrou as suas linhas de montagem em território chinês, onde a mão de obra é muito mais baixa, a Samsung não colocou todos os 'ovos no mesmo cesto', diversificando os países onde fabrica os seus smartphones. Aliás, a sua principal presença é na Coreia do Sul e Vietname. Por isso, será muito pouco afetada pelas novas medidas de Trump.
Muito possivelmente, Tim Cook precisou de garantir a Donald Trump que iria investir grandes quantidades de dinheiro em território americano, para que o Presidente considerasse alterar a sua decisão.

Preços dos novos iPhones e Macbooks poderão aumentar consideravelmente

No eventual cenário de Donald Trump decidir negar 'imunidade' à Apple, os preços dos novos iPhones que serão apresentados em setembro poderá sofrer um grande aumento.
Os novos impostos acrescem 10% às atuais taxas, o que irá afetar consideravelmente as margens da fabricante. Ainda que para smartphones e computadores portáteis os novos impostos entrem em vigor apenas a 15 de dezembro, os preços dos iPhones deverão refletir de imediato estes aumentos.
Como já todos sabemos, a opinião de Donald Trump é tão volátil como o preço da Bitcoin, por isso é difícil especular qual será o resultado final da possível 'imunidade' da Apple face aos novos impostos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário