Mark Zuckerberg: o homem que se ri nos piores momentos - Papo de Leigo

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Mark Zuckerberg: o homem que se ri nos piores momentos

Mark Zuckerberg: o homem que se ri nos piores momentos


O CEO do Facebook é tudo menos uma figura consensual. Quem assistiu à conferência de desenvolvedores F8, sabe que a grande bandeira foi “o futuro é privado”. Mark Zuckerberg entrou em palco com promessa de mudança, mas não aguentou o riso.
Já não é a primeira vez que o faz. Dá a sensação que Zuckerberg se ri sempre nos piores momentos. “Nós sabemos que não temos a melhor reputação no que toca a privacidade”, disse antes de fazer um silencio, qual número de stand up.


Mark Zuckerberg vive num mundo à parte

É impossível acreditarmos em alguém (como se ainda fosse possível), quando este se ri após dizer que agora é que as coisas vão ser diferentes. Zuckerberg parece viver num mundo só dele, onde a segurança não é um problema.
O riso de Zuckerberg acerca deste assunto é uma chapada de luva branca em todos aquele que ao longo dos últimos anos viram os seus dados expostos. O Facebook como o conhecemos não vai perder a sua reputação, mesmo que Zuckerberg deixe de rir a seguir a cada declaração.
facebook novo design
O aspeto da rede social vai mudar, segundo anunciado. Olhando para a imagem acima, vemos um aspeto mais limpo, à boa maneira do Twitter. Além disso, o modo escuro deve também chegar a esta rede social. Mas serão razões suficientes para a ressuscitar?
A verdade é que Zuckerberg tentou fazer uma piada sobre privacidade e obviamente ninguém se riu. Escreve o Wired que Zuckerberg é o autor da frase “se não criarmos a coisa que vai matar o Facebook, alguém criará”. O que o Facebook precisa é de se livrar dele próprio, e seguir em frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário