Play Store: 2 Apps com 1.5 milhões de downloads removidas por malware - Papo de Leigo

domingo, 13 de janeiro de 2019

Play Store: 2 Apps com 1.5 milhões de downloads removidas por malware

Play Store: 2 Apps com 1.5 milhões de downloads removidos por malwares



Assistem este vídeo no nosso canal do youtube:


Aqui estamos com mais um artigo que podia virar rubrica. Mais duas aplicações populares e com mais de 1.5 milhões de instalações foram removidas da Google Play StoreSegundo a Google, por apresentarem perigo por malware
As aplicações “Power Shade: Notification Bar Changer & Manager” e “Material Notification Shade” eram simples Apps de modificação do design das notificações sem a necessidade de root e foram aclamadas como possível malware.
A Google retirou a aplicação da Google Play Store depois das aplicações terem notificado uma “bandeira vermelha” na Google Play Protect. A nova aplicação da empresa de Mountain View para certificar que os utilizadores estão seguros.

Google Play Store o local mais seguro para instalar aplicações no teu Android

Porém, desta vez a Google foi mais longe. Logo depois de referir que as aplicações tinham malware, retirou as Apps da Google Play Store e avisou com notificação os utilizadores das aplicações.
Malware BankBot Google Play StoreAssim sendo, esta é a primeira vez que a Google avisa os detentores de aplicações potencialmente perigosas devido a possíveis vulnerabilidades.

Os desenvolvedores defendem-se como uma ação injusta

Os desenvolvedores da aplicação falaram ao website Android Police indicando que a Google está a ser injusta face à situação. De acordo com os desenvolvedores, as Apps não tinham malware e tinha apenas um código para futuras implementações. 
Contudo, os desenvolvedores não referiram que tipo de código é que se tratava ou porque é que a os bots da Play Store assumiram que podia ser malware.
Assim sendo, face a situação, os desenvolvedores reclamam que a Google não responde aos emails ou quaisquer perguntas. Ou seja, o apoio ao desenvolvedor é como sempre…mau.
Por fim, os desenvolvedores referiram que certamente terão de publicar as aplicações com um outro nome de package (nome interno da app) sem o tal código para que as Apps voltem para a Google Play Store. Porém, ao fazerem isso perdem todas as reviews e dados das antigas.
Em suma, começo a ficar preocupado com este problema no Android. Não só a quantidade de artigos de malware que temos escrito mas também pela falta de apoio da Google na ajuda aos desenvolvedores. Algo terá de mudar no mundo Android.