Pesquisa Google está a ficar mais inteligente com novas funcionalidades - Papo de Leigo

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Pesquisa Google está a ficar mais inteligente com novas funcionalidades

Pesquisa Google está a ficar mais inteligente com novas funcionalidades


A pesquisa Google é a ferramenta de pesquisa mais utilizada no mundo e por boas razões. A pesquisa Google é eficaz na maior parte das vezes que nos dá resultados e a empresa de Mountain View nunca fica satisfeita com o que tem.
A nova funcionalidade da pesquisa Google dá-nos mais uma possibilidade que sinceramente não sei até que ponto é vantajosa. Contudo, vale a pena olhar e perceber até que ponto é que poderá, ou não, ter sucesso.
De acordo com as mais recentes informações, alguns utilizadores estão-se a deparar com respostas às suas questões na pesquisa Google e sem mais resultados. Passo a explicar.

Pesquisa Google apresentará resultados às questões em vez de resultados à pesquisas

Por exemplo, quando procuras “quanto é 10+20?”, a pesquisa Google dá-te uma resposta de “30” na sua calculadora, contudo, temos também mais resultados abaixo sobre a pesquisa. Sejam calculadoras ou websites com diferentes respostas para a possível questão.
Porém, na nova atualização da pesquisa Google vemos só e apenas a calculadora com o resultado. Só mais tarde é que tens de indicar que queres “mais resultados” de forma a teres as informações que normalmente apreciam de forma orgânica.
Ainda que esta funcionalidade seja, teoricamente, uma maior vantagem para o utilizador, não sei até que ponto é que a Google se safará bem com isto nos tribunais. Afinal de contas está a ocultar websites que oferecem a mesma resposta.
De acordo com Danny Sullivan, executivo da Google, este é um dos testes que a empresa de Mountain View está a fazer nos últimos dias de forma a melhorar a rapidez de resposta nas perguntas do utilizador. Tanto na resposta à conexão como na rapidez em que a serve. 
Ainda que não se saiba se esta funcionalidade chegou para continuar, sabemos que existe uma forte possibilidade que tal aconteça. Vamos ver até que ponto é que isto não é um tiro pela culatra.